Dança Gira Boi aprovado no edital Artes na Rua 2013/Funarte

Há uma semana, mais precisamente no dia 12 de março, recebemos a notícia que nosso projeto Dança Gira Boi foi aprovado no edital Artes na Rua 2013, da Funarte. Depois de uma longa espera, a Funarte divulgou o resultado final, após um período de recursos. Confiram, no link abaixo, o resultado:

http://www.funarte.gov.br/wp-content/uploads/2013/08/Portaria_resultado-final_Artes-na-Rua.pdf

Mesmo sabendo que nosso projeto já tinha sido aprovado no resultado parcial, preferimos aguardar o resultado final para jogarmos confetes e serpentinas, rsrs.

O projeto: Dança Gira Boi consiste na circulação do nosso espetáculo “O boi do Romeu no curral da Julieta” por sete bairros da cidade: Terra Firme, Cidade Nova, Marambaia, Cidade Velha, Tapanã, Telégrafo e Val de Cães.

IMG_7537 Apresentação no Sesc Boulevard, em outubro de 2013. Foto: Suane Melo.

 

Nosso objetivo é ocupar as praças desses bairros, promovendo a comunhão com a comunidade, mas também chamar a atenção para a necessidade de se preservar tais espaços e de se promover a ocupação deles.

Escolhemos esse espetáculo, há 15 anos no repertório do grupo – sempre apresentado na Quadra Junina – pelo fato dele ter sua estrutura assentada em um dos mais populares folguedos da região: o boi bumbá. Além disso, se funde ao folguedo uma das peças mais populares do mundo: Romeu e Julieta, do inglês William Shakespeare. A história dos famosos “amantes de Verona” é contada através da ótica do palhaço, mas mantendo a essência da obra e do folguedo do boi-bumbá, com muitas canções, poesia, lirismo e muita graça. Certeza de uma direta empatia e identificação com o público.

Julieta é a Catirina do boi de seus pais, o boi Capuleto, rival mortal do boi contrário, o boi dos Montechios, do qual Romeu é o tripa (brincante que dá vida ao boi, dançando dentro deste). Catirina/Julieta quer comer a língua do boi. Romeu está desiludido, pois Rosalina, a mulher que ama pertence a outro. Seu primo, Mercucio, para distraí-lo, convida-o a assistir a apresentação do boi rival. Romeu ao ver Julieta interpretando Catirina, apaixona-se perdidamente, no que é imediatamente correspondido. O amor dos dois brincantes gera uma série de confusões e peripécias, provocando muita gargalhada e emoção entre a assistência.

Como na peça do bardo, os amantes morrem, mas o milagre poético dos folguedos populares lhes devolve a vida, para que possam dançar o boi a cada ano e sempre, desde que a chama da cultura popular permaneça acesa.

Ainda não temos as datas das apresentações, pois só podemos iniciar a execução do projeto a partir do depósito do prêmio (do dindin) em nossa conta. Então, como ainda não sabemos quando a Funarte irá fazer isso, o jeito é ir fazendo a pré-produção do projeto calmamente.

Mas assim que soubermos, divulgamos por aqui e em nossa página do Facebook. Enquanto isso, vão curtindo as nossas outras programações!!! :o)

boi do romeu juho 2013Apresentação no Anfiteatro da Praça da República, em junho 2013. Foto: Marton Maués.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s