Projeto “Palhaço Gadelha na estrada” chega a Belém e conta com a parceria dos Palhaços Trovadores

No início de março, Belém do Pará e a Casa dos Palhaços, receberão  o projeto PALHAÇO GADELHA NA ESTRADA, realizado pelo artista Ricardo Gadelha, do Rio de Janeiro. O projeto foi criado de maneira autônoma e sua realização acontecerá através de parcerias e residências artísticas com grupos e instituições diversas, e objetiva a circulação de espetáculos e oficinas.

A oficina, intitulada PARA FAZER PAPEL DE PALHAÇO, acontecerá de 02 a 06 de março, das 20h às 23h, em nossa sede – a Casa dos Palhaços, localizada na Tv. piedade, 533, esquina da rua Tiradentes, bairro do Reduto. É uma oficina para iniciados e iniciantes. Nela, os participantes vivenciarão, na prática, conceitos da linguagem do palhaço, conhecendo técnicas de treinamento como disponibilidade para o jogo, relação, clownaria clássica e comédia física.

As inscrições começaram ontem, dia 25/02, da 15h às 19h, na Casa dos Palhaços, e vão até segunda-feira ou até o preenchimento das vagas. Investimento: R$ 50,00 (cinquenta reais).

oficina palhaço gadelha

Além da oficina, Ricardo Gadelha apresentará o solo PROTOCOLO em algumas praças da cidade. Quanto as apresentações do espetáculo, ainda não há nada definido. “Estamos fechando ainda algumas parcerias. Cogitamos algumas em Mosqueiro, mas tudo ainda por ser acertado. De qualquer forma será algo do tipo chegar e se apresentar, bem artista de rua mesmo”, diz Marton Maués, nosso diretor.  Assim que tiver tudo fechado, divulgaremos as apresentações por aqui e em nossa fanpage.

espetaculo gadelha 2
Foto: Ricardo Gadelha.

 

 

Sobre RICARDO GADELHA:

ATOR, PALHAÇO, EMPREENDEDOR E PRODUTOR CULTURAL, EDUCADOR E MEDIADOR DE LEITURA
E-mail: negogadelha@yahoo.com.br; fanpage do Palhaço Gadelha: https://www.facebook.com/palhacogadelha

Bacharel em Artes Cênicas pela UNIRIO e Licenciado em Educação Artística pela Universidade Candido Mendes – UCAM.
Iniciou-se como palhaço em 2003, com Márcio Libar, e estudou em seguida com Leris Colombaioni (Itália); Blue Man Group (EUA); Chacovachi (Argentina); Pacht Adams (EUA); Ésio Magalhães (São Paulo); Doutores da Alegria (BH e RJ); Ana Achar (UNIRIO); Ana Luisa Cardoso; Sérgio Bustamante – o Palhaço Bicudo; Yeda Dantas e Itaércio Rocha, entre outros.
Atua como arte-educador em parceria com diversas instituições culturais e de ensino, condensando a experiência de seus 15 anos de carreira profissional nas artes em cursos, palestras e oficinas como “Pra Fazer Papel de Palhaço” (palhaçaria) , “Pra Subir Na Vida” (perna de pau) e “Papo de Palhaço – uma conversa pra quem leva a vida a sério” (palhaçaria).
Realizou diversos trabalhos, entre os quais destacam-se:
Criador e ator no Coletivo PernAlta e coordenador da Oficina Pernas Voadoras (2014).
É um dos 80 homens azuis do Blue Man Group, desde que foi selecionado para participar do projeto de residência artística na sede do grupo (NY), no qual realizou todo o programa de treinamento e integrou o elenco oficial dos shows nas cidades de Boston e Nova Iorque. Essa companhia tem mais de vinte anos de história de absoluto sucesso de público e crítica em diversos países (www.bluemangroup.com.br) (desde 2013).
Integrante do elenco de artistas do grupo Roda Gigante, coletivo de palhaços cariocas que atua em 5 hospitais do Rio (www.rodagigante.org) (2011 e 2012).
Narrador dos livros digitais da Manati Digital, um projeto pioneiro, sucesso de crítica e público da AppStore brasileira (www.manati.com.br) (2011 e 2013).
Orientador Artístico da Cia Fulô (Ubatuba – SP) no Projeto Ademar Guerra, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, atuando junto ao grupo em ações culturais e ministrando cursos pelo interior do estado de São Paulo (2011).
Criador, gestor e palhaço do espetáculo “TRICICLO” dirigido por Márcio Libar (2009-2011). Prêmio de Melhor Espetáculo pelo Juri Especializado do 8º FIL – Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens 2010; Prêmio Zilka Salaberry 2009 (categoria Melhor Música); e Prêmio FUNARTE Artes Cênicas na Rua 2009. Por sua
atuação em TRICICLO, Ricardo foi ainda indicado ao prêmio Zilka Salaberry de Teatro Infantil em 2009 como Melhor Ator.
Integrante da Cia de Mystérios e Novidades (teatro de rua e dança sobre pernas de pau), com a qual excursionou por pequenas e grandes cidades do Brasil e do mundo (2002 a 2007).
Curador artístico da Caravana de Palhaços, evento criado em parceria com Marcos Marinho e o Espaço Mezcla, em Juiz de Fora (MG) (realizado anualmente desde 2007).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s